Segunda feira fez um dia lindo. Enquanto íamos encontrá-la pra dizer adeus, o sol brilhava com uma luz diferente... esquentando nossa pele naquele dia que começava a esfriar mais do que os outros. O sol brilhava da mesma cor que ela. O sol brilhava para ela... que durante a tarde sempre procurava um solzinho perto da janela pra dormir. Procurar as melhores fotos é muito doloroso, nossos arquivos estão cheios de fotos dela em todas as situações possíveis. Sem muito esforço achei ela fantasiada de Kenji. BlancaE ela, como sempre, amando um banho de mangueira. banho Em toda minha vida, nunca tinha visto olhos tão doces quanto os dela. Ninguém podia chorar por perto, ela vinha abaixadinha, colocava a cabeça em seu joelho e olhava pra cima com aqueles olhos cheios de conforto e aquele rabo de um lado pro outro no chão. Quando alguém chegava em casa, ela alternava o jeito de dizer oi abraçando e deixando alguns arranhões no pescoço, ou empinando como um cavalinho de tanta felicidade por receber visitas. Sempre achei que ela realmente não sabia o tamanho que tinha e achava que era igual a nossa outra cachorra. Queria subir no colo e saía correndo na rua como se não fosse nos derrubar no chão. Ela nos trouxe muito amor, mas principalmente muitas risadas. Isso nunca vai mudar, ainda dá pra rir lembrando das artes que ela aprontava. Comendo escondida uma penca de bananas, metade de um queijo meia cura, um bolo inteiro que eu ia dar de presente pra mãe do Kenji... E a cara dela quando era encontrada pós-arte era impagável. Ao observar ela dormir pra sempre, ela realmente parecia tão pequenininha.. tão indefesa e cansada... Te dar paz foi nosso único conforto. Nossa única força pra conseguir abrir mão da sua presença e do seu amor incondicional. A Blanca era meu sol, minha bezerra desajeitada, minha terapeuta.. Quando saímos da clínica, o dia estava absurdamente frio, o sol morria na silhueta dos prédios e o mundo também parecia estar sentindo a sua ida. Tudo ficou um pouco mais frio depois que ela se foi..   Descanse em paz, lindinha. Vai fazer muita falta.